Notícias Variedades

Mangels encerra recuperação judicial e busca se reerguer; ações da empresa subiram 97%

Mais de quatro anos após ter feito um pedido de proteção à Justiça para negociar suas dívidas, a Mangels, fabricante de rodas de alumínio para montadoras, entre outros inúmeros encerrou a recuperação judicial na última quarta-feira (15).

O fim do processo foi definido pelo juiz da 2.ª Vara de Falências e Recuperação Judicial de São Paulo, Marcelo Sacramone.

Depois da recuperação, as ações da empresa já subiram mais de 97%, e ela fechou o terceiro trimestre de 2016 com 132% a mais de dinheiro acumulado em Ebitda (geração de caixa), em comparação ao mesmo período de 2015.

Nesse período de recuperação, a empresa fez várias mudanças, como diminuir o número de executivos, revisar contratos de fornecedores e introduzir projetos de desenvolvimento motivacional para funcionários.


Comente!