Notícias

São Bernardo assume pagamento de coletores de lixo para evitar nova greve

Para evitar a greve dos funcionários, o Tribunal Regional do Trabalho deu aval ao prefeito de São Bernardo em relação ao pagamento da folha salarial de R$ 3 milhões aos coletores de lixo. A petição iniciou na semana passada com a intenção de garantir o pagamento dos salários dos mil funcionários.

A petição foi aceita pela juíza do trabalho Claudia Flora Scupino e o valor deve ser depositado ainda hoje, 5. A decisão cancelou o risco de uma segunda paralisação dos coletores marcada para esse fim de semana. Os pagamentos dos vales refeição e alimentação também estão atrasados, mas a Prefeitura não informou se assumirá a responsabilidade dos benefícios.

A administração também reverteu na última terça-feira, 2,  a decisão que bloqueava R$ 35,4 milhões reclamado pela SBC Valorização de Resíduos Sólidos Revita e Lara. A decisão foi assinada pelo presidente do Tribunal de Justiça de SP, Paulo Dimas, pois a empresa não cumpre com todas as obrigações contratuais.


Comente!