Variedades

Pequeno guerreiro de São Bernardo não resiste e morre após quatro meses em coma

Desde que nasceu, o jovem são-bernardense Matheus Ferraz, de 8 anos, travou várias batalhas pela vida, entre elas uma delicada cirurgia de hérnia, além de problemas no coração, estes não totalmente resolvidos, pois aguardavam o momento de colocar uma válvula.

Em março deste ano, uma febre que parecia “de fácil solução” se estendeu por vários dias. Já no hospital, exames detectaram uma endocardite que causou um AVC isquêmico, infecção generalizada e comprometimento de todos os órgãos.

Após o início do tratamento, Matheus começou a reagir, mas ficou com o lado direito do corpo paralisado, perdeu a fala, entre outras consequências.

Considerado um verdadeiro “milagre” pelos médicos por estar vivo, ainda se recuperando, o pequeno guerreiro começou a sentir fortes dores que resultaram em um AVC hemorrágico, obrigando-o a passar por novos procedimentos, incluindo uma transferência de hospital. Outra cirurgia desta vez removeu cerca de 70% do seu cérebro.

Desde abril, Matheus estava em coma, internado no Hospital Mario Covas, em Santo André, sob cuidados constantes. A família, que passa por dificuldades financeiras, chegou a lançar campanhas na internet para custear uma possível volta do garoto para casa onde seguiria com o atendimento médico.

Na manhã deste domingo (06), praticamente quatro meses após o coma, o pequeno guerreiro não resistiu e faleceu. O velório e o enterro foram realizados na parte da tarde no cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo.


Comente!