Notícias

Prefeitura de São Bernardo deve tomar emprestados quase R$ 400 milhões para finalizar obras

Nesta quarta-feira (09), em Brasília, o Senado Federal autorizou a Prefeitura de São Bernardo a contratar um crédito externo no valor de até US$ 125 milhões (quase R$ 400 milhões), com garantia da União, para a retomada de obras inacabadas na cidade.

Entre os projetos paralisados estão o Corredor Leste-Oeste e os sistemas de drenagem na região central e no Rudge Ramos.

A votação dos senadores foi acompanhada de perto pelo prefeito Orlando Morando e a decisão permite que a administração municipal realize uma operação de crédito com a Corporação Andina de Fomento (CAF), instituição financeira multilateral, com sede em Caracas, na Venezuela.

Em nota encaminhada à imprensa, a Prefeitura de São Bernardo celebrou a possibilidade de empréstimo e criticou as obras paradas na gestão anterior. “A conquista da atual gestão de São Bernardo destrava um dos principais dramas da cidade, que assistiu nos últimos anos, uma programação ineficaz para o início de muitas obras, sem que se fosse acompanhado a real condução dos projetos, com andamento e conclusão.”, diz o texto oficial.


Comente!