Variedades

São Bernardo registra melhora no atendimento à prematuros

Dados do Comitê Municipal de Vigilância de Mortalidade Materna, Fetal e Infantil de São Bernardo mostram que a atenção de qualidade prestada aos bebês prematuros no Hospital Municipal Universitário (HMU) é um dos principais fatores que levaram, nos últimos anos, à queda na taxa de mortalidade infantil do município.

Em 2015, a cidade registrou o menor índice de sua história, com 8,5 óbitos para cada mil nascidos vivos.

O comitê realiza o estudo de todos os óbitos de crianças menores de 1 ano moradoras da cidade, sejam nascidas e/ou hospitalizadas na rede pública ou estabelecimentos privados, dentro e fora de São Bernardo. A investigação inclui análise do prontuário médico, levantamento completo e detalhado de todo o atendimento prestado durante o pré-parto, parto e puerpério, além de visita domiciliar para detectar aspectos de vulnerabilidade social e ambiental.

A apuração não tem caráter punitivo, mas serve para identificar se houve algum tipo de falha no acesso aos serviços de saúde ou na assistência prestada, o que norteia o planejamento de futuras ações.