CTR reabre as portas após pagamento de salários atrasados

De acordo com notícia publicada nesta terça-feira (28), pelo jornal Diário do Grande ABC, a unidade da CTR (Central de Trabalho e Renda) de São Bernardo, que fica localizada na Rua Marechal Deodoro, retornou ao funcionamento normal ontem, depois de ficar duas semanas fechada por falta de repasse do governo federal e efetivação do pagamento por parte do governo do prefeito Luiz Marinho (PT).

Chefe de Divisão da CTR, Cícero Yokoka, sem dar muitos detalhes, confirmou que a questão salarial, atrelada aos problemas de sistema, “travaram o funcionamento” da logística da unidade.

“Conforme a Prefeitura informou teve esse problema com os repasses (financeiros). Junto, ficamos sem o sistema operacional, que é o mesmo para todos os postos no País. Hoje (ontem), está tudo normalizado. O dinheiro foi pago aos funcionários e a tecnologia está restabelecida”, relatou Yokoka.

De acordo com o Yokoka, o atraso nos repasses salariais foi de aproximadamente uma semana e afetou todos os funcionários da unidades – 20 pessoas trabalham diariamente no local. “Foi uma situação que existiu, mas está superada”, resumiu o chefe de divisão.