Notícias

PCdoB recua e decide apoiar Tarcisio

O PCdoB de São Bernardo recuou da decisão de romper aliança com o projeto de pré-candidatura ao Paço do PT, encabeçado pelo ex-secretário Tarcisio Secoli e coordenado pelo prefeito Luiz Marinho. A ameaça de ruptura foi anunciada na semana passada, sob a alegação de desprestígio e distanciamento da cúpula junto à coalizão petista para o projeto eleitoral. O caso foi, inclusive, levado à presidência estadual do partido, coordenado pelo deputado federal Orlando Silva (PCdoB). Diante da situação, Marinho procurou a cúpula para garantir adesão.

“Decidimos por continuar no arco de aliados, primeiramente por um diálogo que não estava ocorrendo antes. Mais respeito, principalmente. E também houve apoio da (direção) estadual para seguirmos com o PT. Esperamos agora levar nossa contribuição com as ações de campanha”, pontuou o presidente municipal do PCdoB, Jorge Costa Oliveira.

Mesmo com a permanência dos comunistas, Marinho segue sem conseguir efetivar o plano de coligações proporcionais dentro do arco de aliados. O petista ainda nutre esperança de contar com o PMDB, que segue sem definir futuro eleitoral.