Notícias

Dib pode ser expulso do PSDB

Alvo de processo de expulsão do PSDB por infidelidade partidária, o ex-prefeito de São Bernardo William Dib afirmou, em sua defesa protocolada no partido, que a bancada de vereadores – autora do pedido de desfiliação – agiu a “ordem e mando” do deputado estadual Orlando Morando, pré-candidato tucano ao governo em São Bernardo.

“Por não serem titulares da ideia da expulsão, os três vereadores confundem questões de princípio com os interesses eleitorais de um pré-candidato que passou oito anos sem ter formulado uma crítica sequer ao governo do PT em São Bernardo. Obviamente se essa assertiva não fosse verdadeira, os autores da representação trariam junto da peça inaugural desse vergonhoso pedido para a história deles, fatos ou atos, noticias ou entrevista do pré-candidato Orlando Morando, verdadeiro autor do requerimento de expulsão, demonstrando sua prática oposicionista. Mas o que se viu, foi o deputado desfilando com os petistas de Santo André e de São Bernardo ao longo desses oito anos”, pontuou Dib.

Cargo na Emplasa pode tirar Dib das eleições

A manutenção do cargo de conselheiro de administração da Emplasa (Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano S/A) colocou em xeque o projeto de candidatura à Prefeitura de São Bernardo do ex-prefeito e ex-deputado federal William Dib (PSDB). O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e especialistas ouvidos pelo jornal Diário do Grande ABC avaliam que Dib está fora do pleito por não ter se desincompatibilizado da função pública a tempo, assim, abrindo caminho à pré-candidatura do deputado estadual Orlando Morando (PSDB). Já o ex-prefeito tucano garante estar respaldado juridicamente e mantém intenção de concorrer ao Paço.

Dib foi nomeado conselheiro da Emplasa em 17 de outubro de 2015. Em última reunião da empresa, realizada no fim do mês passado, o ex-prefeito participou por videoconferência – que também conta como presença. Seu nome também aparece no site oficial do órgão e no Portal da Transparência do governo do Estado. Seu salário é de R$ 6.177 mensais.