Polícia prende mulher que mantinha canil clandestino em estacionamento de São Bernardo

No último dia 17 de julho, integrantes da Comissão de Proteção e Defesa Animal da subseção de São Bernardo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Grupo Fera de Proteção Animal, juntamente com a Delegada Renata Muassab e equipe, do 1º DP de São Bernardo, realizou vistoria em um estacionamento no Centro para averiguar denúncias de maus tratos contra animais que viviam em péssimas condições naquele local, uma espécie canil clandestino.

Os sete cachorros foram encontrados trancados em meio a fezes e urina, sem água e sem comida. Os animais eram usados para procriação. A dona do canil, que funcionava em um estacionamento desativado, foi presa e libertada após o pagamento de fiança, e foi indiciada por maus-tratos e vai responder o processo em liberdade. Os animais resgatados da situação precária em que viviam e estão agora sob os cuidados do Grupo FERA.

Segundo a advogada Antília Reis, integrante da Comissão de Proteção Animal da OABC SBC, a prisão inédita da tutora dos animais é um exemplo a ser seguido, e que possa desestimular os maus-tratos para com os animais. “A certeza da impunidade e o desrespeito com os animais são os motivos que levam a este tipo de crime”, disse.

Fonte: Olhar Animal