A história da Avenida Piraporinha

No final do século 18, com a corrida pelo ouro em direção ao município de Embu, os bandeirantes acabaram por criar em sua rota uma parada chamada Piraporinha. Sua proximidade com a colônia de imigração italiana de São Bernardo e a existência de um importante caminho de ligação com São Paulo foram fatores que contribuíram para o povoamento e a movimentação da região. A Família Pedroso de Oliveira era proprietária da maior parte daquelas terras desde 1769.

Com o aumento populacional da região, José Pedroso de Oliveira construiu a capela do Bom Jesus da Pedra Fria, que não deu conta do crescimento de devotos. Uma nova capela, do Bom Jesus de Piraporinha, não tardou em ser arquitetada.

Em 1881, o mesmo José Pedroso Oliveira doou as terras onde se localizava a capela para a Cúria Metropolitana de São Paulo. A partir de 1902 começaram a se organizar ali grandes festejos e procissões no mês de agosto. Os eventos ganharam tradição e passaram a atrair romeiros e devotos de outras regiões.

piraporinha-825x542

A passagem entre São Bernardo e São Paulo já existia e era conhecida como Estrada da Piraporinha e foi importante para as festividades da época. E ela era também a via de acesso entre o centro de São Bernardo e a zona sul de São Paulo, passando pelo antigo bairro de Piraporinha, povoação já existente no Século XIX e que hoje pertence ao município de Diadema.

A Avenida Piraporinha foi oficializada em novembro de 1954, pelo então prefeito Lauro Gomes.

Fonte/Fotos: Seção de Pesquisa e Documentação (Memória) de São Bernardo do Campo.

Comente!