Scania acredita em retomada a partir de 2017

A Scania acredita que a retomada dos negócios é possível em 2017. “Cremos no início da renovação daquelas frotas compradas quando o mercado estava aquecido”, afirma o gerente comercial da montadora, Wagner Tillmann, referindo-se especialmente ao período de 2011, quando muitos anteciparam a troca de seus caminhões antes da chegada dos modelos com tecnologia Euro 5 de controle de emissões.

A Scania atua com modelos de caminhões semipesados e pesados, cujas vendas no acumulado de janeiro a julho tiveram queda, respectivamente, de 38,9% e 8,9% no confronto com o mesmo período do ano passado, um ano bastante ruim. As vendas de chassis para ônibus Scania cresceram 9,2%, mas sobre uma base muito pequena, de 142 unidades.

Fonte: Automotive Business

Leia também: