Conheça os candidatos a vereador que buscam o sexto mandato consecutivo em São Bernardo

Por meio dos dados disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral, com os resultados das eleições municipais de 1996 até 2014, é possível levantar o número de mandatos de cada vereador eleito naquele período.

Entre os casos que mais chamam a atenção em São Bernardo do Campo, estão os dos vereadores Minami e Toninho da Lanchonete. Cada um completa, em 2016, o total de 20 anos de vereança. Ambos agora buscam o sexto mandato consecutivo.

Hiroyuki Minami, atualmente filiado ao PSDB, foi eleito vereador pela primeira vez em 1996 com 2.562 votos. Desde então, reelegeu-se nos anos 2000, 2004, 2008 e 2012.

É a mesma situação vivida pelo colega Antonio Carlos da Silva, o Toninho da Lanchonete, petista que entrou para o Legislativo municipal em 1996 com 4.106 votos. Há duas décadas na vida política da cidade, ele agora quer mais.

Em situação parecida, ainda que em menor escala, está o vereador Zé Ferreira (PT), que agora trabalha para reeleger-se pela quinta vez seguida.

A lista abaixo traz os candidatos a vereador que já foram eleitos em outras oportunidades, não necessariamente de forma consecutiva, e que agora estão na briga por mais quatro anos na Câmara Municipal.

Nomes como os de Ramos de Oliveira, Edinho Montemor e Giba Marson, por exemplo, tentam voltar ao Legislativo. Do outro lado, eleitos pela primeira vez em 2012, vários políticos tentam se firmar na Câmara. Veja abaixo.

Em busca do 6º mandato: Minami (PSDB) e Toninho da Lanchonete (PT)

Em busca do 5º mandato: Zé Ferreira (PT)

Em busca do 4º mandato: Edinho Montemor (PSDB), Sergio Demarchi (PSDB) e Tião Mateus (PT)

Em busca do 3º mandato: Ary de Oliveira (PSDB), Giba Marson (REDE), Juarez Tudo Azul (PSDB), Estevão Camolesi (PPS), Dr. Fabio Landi (PSB), Gilberto França (PMDB), Luizinho (PT) e Ramon Ramos (PDT)

Em busca do 2º mandato: Ramos de Oliveira (PHS), Dr. Alberto Raposo (PSDB), Miranda da Fé (PTN), Dra. Julieta (PSDB), Matias Fiuza (PT), Palhinha (PT do B), Índio (PR), Pery Cartola (PSDB), Dr. Manuel (PPS), Julinho Fuzari (PPS), Osvaldo Camargo (PPS), Martins Martins (PHS), Reginaldo Burguês (PSD), Mauro Miaguti (DEM), José Cloves (PT), Ferrarezi (PT), Marcos Lula (PT), Bispo João Batista (PRB) e Rafael Demarchi (PRB).

Comente!