Otimista, Toyota investe R$ 65 milhões em novo centro de pesquisas e design em São Bernardo

A Toyota inaugurou nesta segunda-feira um centro avançado de pesquisa e design, o primeiro da empresa na América Latina. Foram investidos R$ 65 milhões como objetivo de ampliar o índice de nacionalização dos componentes dos automóveis e estimular novos projetos.

O centro faz parte do projeto chamado de “São Bernardo Reborn” que tem como meta tornar a cidade a sede oficial da montadora no Brasil.

Em entrevista ao site ABCD Maior, a direção da companhia rebateu as críticas de quem apostava no fechamento da unidade de São Bernardo. “Não acreditaram na nossa capacidade de reinvenção”, afirmou Percival Maiante, vice-presidente corporativo.

Rafael Marques, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, também está confiante. “A Toyota é uma das empresas que ampliou os investimentos mesmo em um momento de crise. Inclusive, voltamos a discutir a produção de um veículo nesta planta”, destacou.

O otimismo da Toyota é parte de uma estratégia que via reduzir os custos de vendas, fortalecer o crescimento sustentável e investir nos funcionários, oferecendo treinamento e capacitação no Japão.

A montadora chegou ao Brasil em 1958 e instalou sua primeira fábrica em São Paulo, transferindo-se para São Bernardo em 1962. Atualmente, a unidade são-bernardense concentra o desenvolvimento de peças, materiais, design, entre outras atividades. A Toyota também tem fábricas em Sorocaba, Itu e Porto Feliz.

Leia também: