Número de empregos no varejo na região do ABC recua 3,5% e atinge 109 mil trabalhadores

Em junho, o comércio varejista na região do ABC fechou 16 postos de trabalho, resultado de 3.849 admissões e 3.865 desligamentos.

Em 12 meses, foram eliminados 3.993 empregos com carteira assinada, o que levou a um recuo, na comparação com junho de 2015, de 3,5% do estoque total, atingindo 109.652 trabalhadores formais.

As informações são da Pesquisa de Emprego no Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PESP), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), elaborada com base nos dados do Ministério do Trabalho, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O impacto do seu resultado no estoque estabelecido de trabalhadores no Estado de São Paulo foi obtido com base na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Oito das nove atividades analisadas apresentaram variação negativa no estoque de empregados em junho em relação ao mesmo mês do ano passado.

As maiores quedas na ocupação formal foram vistas nos segmentos de lojas de vestuário, tecidos e calçados (-8,1%), lojas de móveis e decoração (-7,4%) e de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos (-7,1%). Apenas o setor de supermercados apresentou estabilidade (0%) no mês.

Leia também: