Ranking elege as cidades mais eficientes do país

O Ranking de Eficiência dos Municípios, organizado pelo jornal Folha de S. Paulo, apresenta um levantamento feito entre os 5.281 municípios brasileiros para saber quem gastou menos para oferecer mais saúde, educação e saneamento para a população.

Numa escala que vai de 0 a 1, cerca de três em cada quatro cidades não foram consideradas eficientes na aplicação dos recursos nessas três áreas.

A primeira posição é ocupada Cachoeira da Prata, em Minas Gerais. O município paulista melhor colocado é Águas de São Pedro, em quarto lugar.

São Bernardo do Campo recebeu alta pontuação nos itens Educação e Saneamento, o que garantiu uma condição de “alguma eficiência” por parte do relatório.

Veja abaixo a classificação de algumas cidades da Grande São Paulo:

787º – São Caetano do Sul (0,521)
971º – Diadema (0,513)
1196º – Osasco (0,504)
1330º – São Paulo (0,499)
1733º – Mauá (0,485)
1936º – Santo André (0,478)
2019º – Guarulhos (0,475)
2355º – Suzano (0,464)
2364º – São Bernardo do Campo (0,463)
2607º – Ribeirão Pires (0,455)
3198º – Mogi das Cruzes (0,433)
3528º – Rio Grande da Serra (0,418)

Para ver o relatório completo acesse aqui.

Comente!