Ranking aponta as melhores (e piores) escolas municipais de São Bernardo do Campo

Neste dia 8 de setembro, foram divulgados os dados do IDEB correspondentes ao ano de 2015, possibilitando medir o desempenho das escolas municipais de São Bernardo do Campo, ou seja, daquelas que abrigam estudantes do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental.

O IDEB é um índice calculado a partir de dois componentes: taxa de rendimento escolar (aprovação) e médias de desempenho nos exames padronizados aplicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar. As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil (para IDEB de escolas e municípios) e do Saeb (no caso do IDEB dos estados e nacional).

O Brasil alcançou o índice de 5,5 e bateu a meta que era 5,2. São Bernardo ficou acima da média nacional com 6,8.

Clique aqui para ver o ranking

Muitos especialistas discordam de rankings que utilizam o IDEB, pois cada escola possui sua própria meta. Acredita-se que a melhor análise a ser feita é a da evolução de cada EMEB, pois vários são os fatores que influenciam o seu desempenho, entre eles a localização, os investimentos aplicados e a capacitação dos profissionais.

Quem defende a comparação alega que as condições em São Bernardo do Campo não são tão diferentes, pois a Prefeitura sempre declara que os investimentos na educação são distribuídos de forma igualitária. Percebe-se também que, entre as primeiras posições, é possível encontra escolas da periferia ao lado de outras da região central.

Para consultar o banco de dados do IDEB acesse o site ideb.inep.gov.br.

Para ver o ranking do Ensino Fundamental II clique aqui.

Leia também: