Consumidora de São Bernardo pede R$ 2 milhões de indenização por pizza com ‘pouco molho’

Uma moradora de São Bernardo do Campo processou a empresa Massa Leve, de propriedade do grupo JBS, por “falta de molho de tomate e quantidade ínfima de calabresa e queijo” em pizzas prontas. Ela fez o pedido de R$ 2 milhões de indenização, que foi negado pelo juiz Gustavo Dall’Olio, da 8ª Vara Cível. Ainda cabe recurso.

Na petição inicial, a cliente pede inclusive que a pizza pronta seja retirada do mercado, já que se trata de uma propaganda enganosa, sob pena de multa diária de R$ 5 mil para o fabricante.

Ela afirmou ainda que, por inúmeras vezes, comprou as pizza prontas e que, em quase todas, o produto vem diferente da propaganda, com quantidades de ingredientes muito menores, e que no dia 2 de agosto deste ano, a situação foi a gota d’água, já que a quantidade de mussarela e calabresa era “desrespeitosa com o consumidor”.

Segundo a decisão do juiz Gustavo Dall’Olio, a “pouca ou muita quantidade” de molho e cobertura não justifica a necessidade de recorrer ao Poder Judiciário.

O juiz também sugeriu que a consumidora noticie a suposta lesão aos órgãos competentes. O mesmo magistrado negou o pedido de gratuidade processual.

Com informações da Veja, Estadão e Extra

Leia também: