Sindicatos devem bloquear ruas no Centro e no Assunção para protestos nesta quinta-feira

Metalúrgicos do Grande ABC devem participar nesta quinta-feira, dia 22 de setembro, do “Dia Nacional de Paralisação, Rumo à Greve Geral”, organizado por centrais sindicais.

A mobilização terá início na Avenida Robert Kennedy, altura do número 2.000, no Bairro Assunção, em São Bernardo do Campo, a partir das 8h30.

Segundo os organizadores, a manifestação será uma resposta às propostas do governo federal que envolvem terceirização, reforma da Previdência, as mudanças nas leis trabalhistas, além da PEC 241 que reduzirá investimentos nas áreas de saúde e educação.

“Em um momento onde parte do empresariado e o governo, apoiados pela retórica da mídia, tentam dar um golpe nos direitos conquistados, a resistência e a luta são os caminhos para tentarmos normalizar as relações democráticas no Brasil”, afirma Rafael Marques, presidente do sindicato da categoria.

Centro

Também neste dia 22, no Centro de São Bernardo, o Sindicato dos Servidores Públicos convocou militantes e afiliados para uma concentração que terá início às 7h, na Praça Santa Filomena, na Rua Marechal Deodoro.

“É momento de paralisar as atividades, nos bancos, nas fábricas, nas repartições públicas. Não vamos aceitar nenhuma retirada de direitos da classe trabalhadora”, explicou o presidente da CUT São Paulo, Douglas Izzo.