Pesquisa da Fundação Salvador Arena mapeia atuação das ONGs na internet

Um estudo organizado pela Fundação Salvador Arena com instituições sem fins lucrativos que atuam nas regiões da Baixada Santista e da Grande São Paulo mostra que 50% das ONGs têm dificuldades para se comunicar com o público de interesse de forma efetiva.

A pesquisa foi feita entre os dias 17 e 22 de junho deste ano com 25 entidades sem fins lucrativos que recentemente aceitaram participar dos cursos gratuitos gratuitos oferecidos pela fundação nas áreas de Gestão Profissional e Sustentabilidade Financeira.

O estudo também aponta que 70% das ONGs sabem da importância de se comunicar com o público de interesse, mas que não têm um plano de comunicação formal.

Além disso, metade delas não tem sistematizados de forma eficiente e estratégica dados importantes como nome, e-mail, endereço e telefone dos doadores individuais com quem se relacionam.

As ONGs pesquisadas movimentaram mais de R$ 40,4 milhões em 2015, sendo 66% deste valor advindos de convênios com os governos municipal, estadual e federal, 15% de doadores individuais, 10% de empresas e fundações, 7% do Programa Nota Fiscal Paulista e 2% por meio de incentivos fiscais.

Leia também: