O que fazer para ter sucesso no emprego?

Como executar o trabalho ao qual dedicamos nossa vida? Existe uma metodologia para executá-lo? Essas são questões muito importantes. Claro, o trabalho assume diferentes formas e é muito difícil produzir uma única metodologia. No entanto, há uma estratégia que é essencial a homens de negócios ou funcionários de escritório que queiram desempenhar suas funções de modo adequado – e que pode ser facilmente aplicada a outros setores. É cada vez mais importante ser capaz de obter uma visão geral do seu trabalho no menor tempo possível. O conceito central de trabalho deve ser apreendido sob três visões: macro, média e micro.

Começando pela visão macro, você deve tentar entender quais são os objetivos gerais da companhia. Precisa ter uma ideia clara de qual é a missão da empresa. A visão média implica compreender os objetivos do setor em que você trabalha dentro da organização. Você precisa saber onde ele fica na estrutura corporativa e qual é exatamente o papel que desempenha. A visão micro exige uma compreensão de qual é seu trabalho pessoal na seção e como você o encara.

Em resumo, quando você começa a trabalhar pela primeira vez ou muda de emprego, deve se perguntar quais são as políticas gerais da empresa, quais são suas características e que forma assumem suas atividades. Em seguida, deve considerar com que tipo de trabalho sua seção lida e, por fim, descobrir o que se espera de você. As pessoas que são capazes de compreender logo essa estrutura geral têm maior facilidade para se adaptar. Aqueles que não derem importância a esse aspecto e encararem a si mesmos como uma simples peça da engrenagem geral acabarão deixados para trás.

As reflexões desta coluna são extraídas de “Trabalho e Amor”, do autor e líder espiritual japonês Ryuho Okawa (IRH Press do Brasil). O livro oferece uma filosofia de vida aplicada ao trabalho – como ele deve ser executado, condições para uma carreira bem-sucedida e relação entre trabalho e amor, tema que dá nome à obra. Seus mais de 2.100 livros publicados, traduzidos para 28 idiomas, já venderam mais de 100 milhões de exemplares.

Leia também: