Em discurso, Morando alfineta Lula e come melancia em referência a Manente

Após a vitória no segundo turno, Orlando Morando fez um discurso em tom provocativo, alfinetando o ex-presidente Lula que havia criticado o tucano nas eleições de 2008.

“Ele bateu o carro e deu um cheque sem fundo para a população”, disse o prefeito eleito em resposta a um comentário de Lula que, à época, havia dito que “não emprestaria seu carro ou daria um cheque em branco” para Morando que concorria à Prefeitura contra o então candidato do PT, Luiz Marinho.

Morando também afirmou que será prefeito de todos “sem revanchismo, sem ódio”. Mesmo assim, aproveitou para comer uma melancia durante o discurso, em referência ao adversário Alex Manente que seria verde por fora e vermelho por dentro. O PPS adotou o verde como bandeira nas eleições municipais, mas Manente foi acusado de manter um suposto apoio velado do PT, identificado historicamente com a cor vermelha.

Leia também: