Canadá facilita entrada de brasileiros no país; conheça as novas regras para tirar o visto

A partir do dia 1º de maio de 2017, segundo o site da embaixada canadense no Brasil, os brasileiros que visitaram o Canadá nos últimos dez anos ou que tenham visto americano de não-imigrante não precisarão mais de visto para visitas temporárias ao país. A medida também vale para turistas que farão escala por lá.

Para esses brasileiros, bastará apenas solicitar uma autorização de viagem, a chamada “Autorização Eletrônica de Viagem” (Electronic Travel Authorization – eTA), que pode ser solicitada pela internet e custa US$ 7 (cerca de R$ 22,60).

Essa autorização fica eletronicamente conectada ao passaporte do viajante e é válida por cinco anos ou até que o passaporte expire, o que ocorrer primeiro.

Segundo informou o embaixador do Canadá no Brasil, Riccardo Savone, a medida visa facilitar a entrada temporária de brasileiros no país que estejam viajando a lazer ou a trabalho.

Quem não atende a essas condições continuará precisando pedir o visto para entrar no país.

O documento custa cerca de 100 dólares canadenses (R$ 297,14), além de mais 30 dólares canadenses (R$ 89,14) de taxa.

A solicitação de visto canadense pode ser solicitada por meio de um agente de viagem.

Para mais informações, entre em contato com a FlyWorld São Bernardo do Campo pelo telefone (11) 2669-8251, e-mail loja.sbc@flyworld.com.br, ou ainda pelo site flyworld.com.br/saobernardodocampo.

Leia também: