Variedades

Fernando Bertoncello lança livro sobre finanças e sustentabilidade

O conceito de sustentabilidade, que engloba proteção social, desenvolvimento, geração e distribuição de renda, entendido como um direito e aplicado pelas instituições financeiras é a temática do livro “Direito, Mercado Financeiro e Sustentabilidade” (Editora Prismas, 180 páginas, R$ 51), do advogado e professor de São Bernardo, Fernando Bertoncello.

O lançamento da obra acontece no dia 24 de maio, a partir das 19h30, na Livraria Cia dos Livros, na Universidade Mackenzie, na Capital.

As questões socioambientais sempre foram uma preocupação para o autor, que atuou por seis anos no setor financeiro em departamentos jurídicos e de compliance (conjunto de normas para fazer cumprir regulamentações). O envolvimento com a temática ganhou mais relevância durante seu mestrado, concluído em 2015.

O livro é, segundo Bertoncello, uma proposta para que advogados, empresários, banqueiros, membros do BC (Banco Central) e CVM (Comissão de Valores Mobiliários) discutam sobre questões sociais, indígenas, poluição, água, reputação, ética e responsabilidade. “Além dos grupos interessados, entendo que o livro conversa com quem também tem esses valores: uma vontade de contribuir com a sociedade dosando ideologia e pragmatismo”, afirma.

Ainda para o advogado, a obra contribui, sobretudo, para que diversos grupos pensem o desenvolvimento sustentável em suas mais diversas dimensões e chama as instituições financeiras, os reguladores de mercado, o Estado e as empresas de forma geral a ajudarem na construção de uma sociedade mais correta. “Esses setores são chamados a promover desenvolvimento, paz, respeito às diferenças, inclusão social, cidadania, gênero, diversidade sexual e cultural”, pontua.