Prefeitura de São Bernardo deve manter cobrança de ISS, diz jornal

De acordo com o jornal Diário do Grande ABC, em notícia publicada no dia 19 de novembro, o prefeito Luiz Marinho não deve flexibilizar ou suspender a cobrança do ISS, encaminhada por meio de carnês para mais de 28 mil residências em São Bernardo do Campo.

O secretário de Finanças, Paulo José de Almeida, teria reafirmado a legalidade da cobrança, detalhando que as faturas incidem sobre o aumento de área construída, a partir de recadastramento imobiliário e levantamento aéreo, realizado em 2014 e 2015.

O tema tem mobilizado moradores, que alegam falta de informação e valores abusivos. Alguns carnês alcançam R$ 20 mil em taxas. Nesta semana são esperados novos protestos na Câmara Municipal.

Leia também:
Vereadores pedem suspensão da cobrança de ISS sobre construções em São Bernardo
Prefeitura de São Bernardo emite nota a respeito dos carnês de ISS
População de São Bernardo se mobiliza contra ISS; Prefeitura silencia diante das reclamações
Carnê da discórdia: moradores protestam contra cobrança de ISS em São Bernardo

Comente!