São Bernardo tem a menor taxa de mortalidade infantil do Grande ABC

Em 2015, a cidade de São Bernardo do Campo registrou 8,42 óbitos para cada mil nascidos vivos.

A taxa é a menor obtida desde a década de 1990, quando o IBGE passou a divulgar anualmente a tábua completa da mortalidade da população do Brasil.

São Bernardo teve o melhor desempenho da região do ABC conforme dados divulgados pela Fundação Seade e o segundo melhor do Estado entre as cidades com mais de 500 mil habitantes, ficando atrás apenas de Campinas, que registrou índice de 8,2.

A secretária de Saúde, Odete Gialdi, atribuiu o resultado a uma série de ações integradas implementadas na rede municipal desde 2009 que, segundo ela, garantem assistência humanizada e de qualidade desde o pré-natal até os 2 anos de vida da criança.

Leia também: