Variedades

Betto Damasceno recebe prêmio do 34º Salão de Artes Plásticas

A Secretaria Municipal de Cultura de Rio Claro divulgou o nome dos artistas que serão premiados no 34º Salão de Artes Plásticas, realizado nas categorias Acadêmica e Contemporânea.

A classificação das obras inscritas foi realizada a partir de avaliação da comissão julgadora formada por Aline Picolo Pascholati, Ted Marcos Colombini e Wagner Galesco Novaes.

Na categoria acadêmica, Cassio Justino, de Leme, recebeu medalha de ouro pela obra “Adeline”. Ademir Fernandes, de Campinas, ficou com a medalha de prata pelo conjunto da obra e André Mauricio, de Uberlândia (MG), foi premiado com a medalha de bronze, com “Força do Campo”. Recebeu menção honrosa, pelo conjunto da obra, Paulo Tosta, de Jaboticabal.

Na categoria contemporânea, Mayer, do Rio de Janeiro, foi contemplado com a medalha de ouro pela obra “Queixo-Caído (Díptico)”. Damares Rampin, de Rio Claro, recebeu a medalha de prata pelo conjunto da obra, e Raquel Carreli, de Paulínia, ficou com o bronze, também pelo conjunto da obra. As menções honrosas foram para Andréia Mariano, de São Paulo (conjunto da obra), Alam Lima, de Diadema (“Santo Sudário”), Betto Damasceno, de São Bernardo do Campo (conjunto da obra) e Gilio Mialichi, de Limeira (pelo conjunto da obra).

A premiação do 34º Salão de Artes Plásticas de Rio Claro acontece no dia 17 de junho. Em seguida, a mostra fica aberta a visitação. O salão é uma das mais tradicionais atividades do calendário de aniversário de Rio Claro e mobiliza artistas de todo o país.