Variedades

10 dicas para deixar a sua navegação na internet ainda mais segura

O fim do ano é o período em que muitos brasileiros vão às compras, mas também é a época em que os bandidos cibernéticos preparam armadilhas para praticar crimes.

A professora Michele Bazana, coordenadora do curso de Engenharia de Computação da Faculdade de Tecnologia Termomecanica – FTT, preparou algumas dicas de segurança na internet que podem evitar dores de cabeça nesta época do ano.

“Além das nossas preferências de conexão e lixos eletrônicos, o nosso computador armazena senhas de acesso à portais e bancos eletrônicos, dados como RG, CPF e endereço residencial e tantas outras informações pessoais, tornando a vida privada mais pública do que nunca”, alerta.

Mas, segundo Bazana, nenhum sistema de proteção será eficiente o bastante se a conduta do usuário no ambiente virtual não for responsável.

Confira as dicas da coordenadora para se prevenir dos ataques virtuais:

1. Crie senhas com caracteres especiais. Sempre uma combinação de letras e números;

2. Utilize um antivírus e o atualize com frequência para diminuir a vulnerabilidade;

3. Habilite o firewall – software que filtra o tráfego malicioso da internet impedindo que estranhos acessem sua máquina, como hackers e vírus;

4. Evite abrir e-mails de remetentes desconhecidos que em sua maioria encobrem arquivos do tipo espião, cuja característica é vasculhar sua máquina;

5. Redes sociais: cuidado com as informações que compartilha e com as solicitações de amizade que aceita. Desconhecidos podem ter acesso a informações muito pessoais.

6. Ao acessar um site para fazer transações financeiras, verifique se o endereço contém o “S” após a sequência de letras “http” (ex: https://endereço). Se houver, significa que o site tem um protocolo de segurança.

7. Utilize bloqueios de segurança no aparelho móvel. Aqueles padrões de desbloqueio que você precisa ligar os pontos na tela são muito previsíveis. Na internet é possível encontrar inúmeras pesquisas que revelam os “desenhos” mais utilizados para bloqueio.

8. Um tipo de crime chamado de ransomware, uma forma de extorsão por meio de sequestro de dados, tem se tornado muito comum. O vírus é instalado no momento em que a vítima faz o download de um navegador e permite que o hacker roube todos os arquivos do computador. Após o roubo, o bandido entra em contato para pedir o resgate.

9. Evite o acesso a bancos em rede wi-fi pública ou abertas e, antes de se conectar a uma rede deste tipo, certifique-se que seu aparelho está configurado para usar uma conexão segura. É importante desabilitar a função de wi-fi automática.

10. Por fim, o endereço https://haveibeenpwned.com/ pode te ajudar a descobrir se a sua conta já foi exposta. Digite o seu e-mail e, dependendo do diagnóstico, troque a sua senha imediatamente.


Comente!