Cada criança que nasce em S. Bernardo já vem ao mundo devendo R$ 2.500, afirma novo prefeito

O novo prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, declarou nesta segunda-feira, dia 2 de janeiro, ter herdado uma dívida de R$ 143 milhões da administração passada para pagamento imediato.

Além do déficit financeiro, Orlando mostrou preocupação com o orçamento de 2017, pois o valor devido pode chegar a R$ 200 milhões, porque outros fornecedores alegam falta de pagamento. Um exemplo é prestação de serviços do lixo que está sem desde outubro.

“O orçamento enviado pelo meu antecessor à Câmara Municipal prevê R$ 4,7 bilhões para este ano. Mas a arrecadação será de R$ 3,2 bilhões, ou seja, 45% a menos”, destacou Morando.

A prefeitura apresentou ontem saldo de R$ 300 milhões em caixa, porém R$ 297 milhões estão comprometidos.

Em transmissão via Facebook, realizada na noite desta segunda-feira, o novo chefe do Executivo informou que a dívida ativa e total do município ultrapassa os R$ 2 bilhões (minuto 10:55 do vídeo abaixo).

Morando fez um conta para ilustrar o problema, declarando que cada nova criança que nasce em São Bernardo do Campo já vem ao mundo devendo cerca de R$ 2.500.

Veja o vídeo na íntegra!

Leia também:

4 comentários em “Cada criança que nasce em S. Bernardo já vem ao mundo devendo R$ 2.500, afirma novo prefeito

  • 3 de janeiro de 2017 em 13:45
    Permalink

    Ainda bem que na nossa idade não teremos mais filhos, mas muito me preocupa com os filhos dos meus filhos, amigos e parentes.

  • 3 de janeiro de 2017 em 18:04
    Permalink

    índice de um governo antecessor lixo onde todos já sabia desde o orlando já sabia tanto é que ele sabia que a ex secretaria de educação era uma ladra assim como o marinho que saiu mesmo assim ninguém fez nada.
    tira pelas obras super faturadas como o (drenar) e (museu do trabalhador) que so serve para dar dengue.
    e o viaduto que esta sendo feito na scania que também esta super faturado poxa pra que serve participação mesmo se ninguém tem um controle de gastos em são bernardo me diz

    gastos de vereadores prefeitos nunca são monitorados e nem as obras então vamos dizer que ninguém toma conta dela e fica como a casa da mãe joana onde cada um faz o que quer

  • 4 de janeiro de 2017 em 19:43
    Permalink

    eu desempregado devendo mais de dois mil reais kkkkkkkk,que pais é esse.

  • 5 de janeiro de 2017 em 08:18
    Permalink

    Acho que é ao contrário, a prefeitura fica devendo a elas, crianças recém nascidas, os 2.500 reais, dos impostos roubados pelos governantes do município.