Notícias

Empreiteiras pedem R$ 111 milhões para concluir piscinão do Paço Municipal


O consórcio formado pelas empresas OAS e Serveng Civilsan afirmou que precisa de R$ 111 milhões para o Piscinação do Paço Municipal de São Bernardo do Campo, principal item do projeto contra as enchentes na cidade.

Além da construção do reservatório, o projeto inclui as galerias de captação de águas que passam por baixo de vias importantes. Inicialmente, os custos das obras foram orçados em R$ 296,9 milhões, mas com o pedido das empreiteiras, o total deve ultrapassar os R$ 400 milhões.

O ex-prefeito Luiz Marinho, antes de encerrar seu mandato, havia declarado que tudo estaria pronto até o próximo dia 20 de março, e que seria necessários R$ 50 milhões para conclusão dos trabalhos.

À época, Marinho havia reclamado dos governos do Estado e federal por não repassarem os valores restantes, prometidos entre 2015 e 2016.


Comente!