Notícias

Câmara Municipal de SBC deve reduzir número de assessores e exigir escolaridade mínima

Na última sexta-feira, uma reunião realizada entre os vereadores eleitos e o novo presidente da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo, Pery Cartola, foi o pontapé inicial para uma reforma administrativa.

De acordo com a proposta apresentada, a ideia central é diminuir de 11 para 10 o número de assessores por gabinete. Desses cargos, seis passariam a exigir do nomeados o ensino superior completo. Para os outros quatro, bastaria ensino médio completo.

O projeto ainda depende de análise jurídica. Se aprovado, deve entrar em vigor a partir de março para atender a uma decisão judicial do Tribunal de Justiça de São Paulo que exige a diminuição no número de cargos comissionados.

Cartola afirmou que ainda é cedo falar em redução no número de assessores, mas garantiu que vai levar adiante a exigência de escolaridade mínima.


Comente!