Elas foram flagradas urinando na rua durante Festival de Verão no Riacho; mau hábito é crime

O Festival de Verão da Prainha do Riacho Grande, em São Bernardo do Campo, realizará no próximo final de semana a última série de shows da programação.

No sábado (04/02), será a vez da dupla Bruninho e Davi. No domingo, sobem ao palco Edson e Hudson.

A expectativa é de um público menor na comparação com o último domingo, quando a presença da cantora Marília Mendonça provocou quilômetros de congestionamento na Via Anchieta.

Na visão da prefeitura, o evento é um sucesso. Realizado sem investimento direto da administração municipal, o festival é bancado por empresas privadas, mas conta com a segurança realizada pela GCM e Polícia Militar.

A opinião de moradores do Riacho Grande, assim como a de quem vem frequentando os shows, é dividida. Muitos alegam que oportunidades como essa valorizam o lugar, enquanto outros acreditam que a estrutura é insuficiente para receber milhares de pessoas.

A equipe do SBC INFO recebeu inúmeras fotos da festa. Entre elas, um registro encaminhado via Twitter, chama a atenção. Apesar da presença de banheiros químicos, disponibilizados pela organização, um grupo de mulheres resolveu urinar na rua, escondidas atrás de um carro.

Segundo a assessoria de imprensa da PM, fazer xixi na rua é considerado atentado violento ao pudor. Um crime de menor potencial ofensivo, com pena inferior a dois anos que pode ser convertida em multa.

De acordo com advogados consultados pela reportagem, o ato pode ser considerado uma contravenção penal. Há pelo menos 3 artigos do decreto lei 3.688/41 que servir como base para uma condenação.

Comente!