São Bernardo estuda reajustar a tarifa de ônibus municipal, diz jornalista

O jornalista Adamo Bazani noticiou em seu blog “Diário do Transporte” que a Prefeitura de São Bernardo do Campo teria admitido, nesta semana, que está discutindo um possível reajuste na tarifa dos ônibus operados pela SBCTrans.

Segundo Bazani, a Prefeitura aguarda os valores finais das linhas metropolitanas, que sofrerão aumento a partir deste domingo (12/02), para definir o que será feito.

Existe a expectativa de que a mudança na tarifa siga a inflação acumulada em 2016 (6,29%).

Na última terça-feira, dia 7 de fevereiro, motoristas da SBCTrans fizeram uma paralisação no Centro, em protesto pelo atraso no pagamento dos salários.

A empresa justificou a situação alegando problemas financeiros causados pela falta de atualização da tarifa.

A Prefeitura de SBC foi contatada a respeito do assunto. Mais informações em breve.

Leia também:

4 comentários em “São Bernardo estuda reajustar a tarifa de ônibus municipal, diz jornalista

  • 11 de fevereiro de 2017 em 13:18
    Permalink

    SE o transporte fosse de ótima qualidade, SE cumprissem os horários, SE observassem melhor os horários de pico, até seria possível. Por este motivo sou ciclo ativista e digo, façam uso de bicicletas, você economiza muito e trás um bem estar fantástico. Bicicleta não emagrece, não te dará tônus muscular , embora difundida como o melhor meio de transporte e sendo um transporte perigoso, é o melhor meio de se encarar uma doença e o ministério da saúde agradece. Estes ônibus que você veem (bonitinhos) não é a realidade, e até o tróleibus já está ultrapassado e caso tal que não há postos de venda de bilhetes, tendo que comprá-los em ambulantes por um valor extremamente alto.
    Já demitiram quase todos os cobradores, isso torna o veiculo inseguro e lento , onde as vezes motoristas tem que enfiar o pé no acelerador para cumprir o horário, fora os itinerários sem precisão, longos… 14 e 16 é um exemplo!

  • 11 de fevereiro de 2017 em 15:20
    Permalink

    Nossa que poca vergonha,não fazem nada pelo povo,os ônibus são nojentos,sujos,demorado,com motoristas por sua vez exercendo duas funções,dirigir e cobrar,mudam itinerário de linhas só para nos prejudicar mais ainda,e ainda querem aumento?????????????????? Se o BRASILEIRO tivesse um pouco mais de vergonha na cara,boicotava todo transporte publico do BRASILLLLLLLLLLLLLLLL!

  • 12 de fevereiro de 2017 em 00:23
    Permalink

    Mozart, eu acredito que quando o Corredor Alvarenga ficar pronto, eles vão cortar as linhas 14 e 16 até o Terminal Alves Dias, e de lá uma nova linha sentido Rudge Ramos.

  • 17 de fevereiro de 2017 em 16:39
    Permalink

    Eu fico impressionada com a falta de respeito da empresa SBC Trans com os passageiros, os ônibus são uma vergonha, lotados, demorados, cada dia um horário, e mesmo em horário de Pico demora de 20 minutos a 30 minutos, assim, lógico que são lotados, falo das linhas 51 (que é a pior) e as linhas 01 e 29. Não sou contra o aumento das tarifas, pois sabemos que o combustível também vem aumento sem freios, mas querer aumentar a tarifa e não respeitar os passageiros realmente sou a favor de nós usuários fazermos greve (deixar 2 a 3 dias) sem ninguém utilizar os transportes públicos.
    Não me arrisco ir e vir de bicicleta pois tenho medo do trânsito, mas se tivesse ciclovias do centro de SBC para o Rudge
    seria uma ótima opção.