Caminhões e buracos: a realidade do trânsito na região do Demarchi

Moradores do Jardins Valdíbia, Quatro Marias e Lauro Gomes, todos na região do bairro Demarchi, há anos reclamam do trânsito intenso de caminhões em ruas residenciais.

A presença de várias transportadoras, muitas responsáveis pelo escoamento da produção da Volkswagen, ocasiona também o desgaste rápido do asfalto e problemas com o barulho, inclusive nas madrugadas (veja o vídeo abaixo).

Vias como a Rua Miro Vetorazzo e Rua dos Feltrins estão entre as mais afetadas. Vídeos e imagens encaminhadas ao SBC INFO mostram a disputa pelo espaço até mesmo entre os próprios cegonheiros, nome dados aos motoristas das “cegonhas”, caminhões adaptados para o transporte de automóveis.

Em uma das fotos, é possível ver que o caminhão passa rente a um carro estacionado, possibilitando danos a ambos.

Em nota, a Prefeitura concordou que o trânsito é intenso devido à quantidade de transportadoras existentes no local e alegou que a atual gestão intensificou a fiscalização para coibir o estacionamento irregular o que, na opinião da administração municipal, dificulta a circulação dos veículos de grande porte.

O SBC INFO também entrou em contato com cinco transportadoras sediadas naquela região (Tegma, Rodo Alves, OBS, Goiás e Transauto), mas não obteve qualquer retorno até o momento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Leia também:

2 comentários em “Caminhões e buracos: a realidade do trânsito na região do Demarchi

  • 15 de fevereiro de 2017 em 07:42
    Permalink

    Sou morador da região e trabalho para uma empresa terceirizada, alem disso sou morador no bairro jardim lauro gomes
    e as ruas nao só da Miro vetorazzo quanto feltrins que estao cheias de buracos e remendos quanto tambem a rua daniel tolotti, rua felipe camarão, as ruas da praça todas estao abaladas e estou a 12 anos morando e nunca vi uma ação da prefeitura para poder melhorar o asfalto, ja que as cegonhas nao tem oque fazer sendo o unico caminho para acesso das vias !