Notícias

Trabalhadores da Limpeza Urbana de São Bernardo decidem entrar em greve a partir de segunda-feira

Cerca de mil trabalhadores que atuam na Limpeza Urbana de São Bernardo do Campo cruzarão os braços a partir da próxima segunda-feira, dia 4 de julho. A insatisfatória proposta de reajuste do PPR 2016, oferecida pela empresa SBC-VR, resultará na paralisação dos serviços de coleta de lixo e varrição de toda a cidade.

Na manhã do último domingo, 26 de junho, o SIEMACO ABC, sindicato da categoria, realizou uma assembleia com os trabalhadores para tratar da proposta apresentada pelos patrões, a qual oferecia o reajuste de 10% aos trabalhadores de varrição; 5% aos que prestam serviços de coleta de resíduos; e 0% aos que atuam na administração, manutenção e fiscalização.

Os trabalhadores querem a equiparação do reajuste, tornando igualitário o índice para todos.

“É lamentável essa postura dos patrões. Nossa categoria merece respeito e reconhecimento. Esses trabalhadores são responsáveis pela limpeza de toda cidade, faça chuva ou faça sol. Sabemos que o contrato da empresa com a Prefeitura é milionário. Nada mais justo do que oferecerem um valor melhor para àqueles que contribuem para a obtenção dos seus lucros. Agora a greve foi decretada e iniciará nessa próxima segunda”, afirmou o presidente do sindicato, Roberto Alves.


Compartilhe!