Memória

Ayrton Senna e São Bernardo: curiosidades envolvendo o campeão e a cidade

Ayrton Senna da Silva não nasceu ou morou em São Bernardo do Campo, mas manteve por certo tempo um estreito relacionamento com o município, motivado por um patrocínio.

Antes de se consagrar na Fórmula 1, ele já possuía um contrato assinado com a Ford, cuja sede brasileira ficava no bairro do Taboão.

Em visita à cidade, no ano de 1982, ainda piloto da Banerj/Tranzero de Fórmula Ford 2000, Senna recebeu um troféu das mãos de Robert Gerrety, presidente da empresa, pela conquista do Campeonato Inglês e Europeu daquele ano.

Ayrton e seu Escort XR3. À direita, com o presidente da Ford.

Ele também atuou em diversas campanhas publicitárias, como garoto propaganda da montadora, incluindo comerciais ao lado de um Escort XR3 (vídeo abaixo).

A Ford acabou presenteando Senna com um modelo 1984, cujo emplacamento, é claro, foi feito em São Bernardo. Infelizmente, não há nenhuma informação sobre o paradeiro do carro.

Anos depois, Ayrton trocaria de patrocinador e se tornaria embaixador da Audi no Brasil, interrompendo seu “elo” com São Bernardo, mas o campeão, morto em 1° de maio de 1994, acabaria eternizado por aqui com algumas homenagens.

Batizadas com seu nome, há uma escola pública da rede estadual no bairro Terra Nova II, e três ruas, sendo uma no Jardim Calux, outra no Alto Industrial e mais uma no Alvarenga.

Fachada da E.E. Ayrton Senna da Silva. Foto: Google.

A escola recebeu, em 2019, a visita do narrador Galvão Bueno, que conversou com os alunos sobre as conquistas de Ayrton Senna (leia aqui).

Com informações do UOL e Agência Estado


Compartilhe!