Variedades

8 formas de dizer ‘São Bernardo’

Atualizado às 13h40

Todos os dias, nas ruas e na internet, os moradores de São Bernardo do Campo utilizam um apelido carinhoso para se referir à cidade.

Conheça algumas dessas expressões e as curiosidades em volta de cada uma.

Bernô


Essa é uma das formas mais carinhosas, na nossa opinião, e que logo identificam quem realmente conhece e ama a cidade.

Se os paulistanos tem a sua Sampa, nós temos a nossa amada Bernô.

O apelido remete também aos times de futebol locais, como o São Bernardo F.C., porém o Bernô original era (e ainda é) de “propriedade” do E. C. São Bernardo.

São Berrrnarrrdo (com vários “erres”)


Muitos de nós puxamos o “R”. O sotaque está impregnado, mas ninguém que nasce ou vive por aqui gosta de ouvir que São Bernardo fica no interior.

São Bernado (sem o segundo “erre”)


Na internet parece apenas um deslize na digitação, mas talvez por preguiça ou desconhecimento, é comum se deparar com gente sumindo com o segundo “erre”.

São Berlondres

#saoberlondres as 19 da noite!!! #boanoite #run

Uma foto publicada por Arlindo Souza (@1arlindosouza) em


Uma das marcas registradas da cidade é o clima “londrino” com aquele névoa que faz tudo desaparecer. É claro que a comparação com Londres para por aí.

São Bernardo dos Campos


Assim, no plural, é comum entre quem não conhece a cidade e parece confundir seu nome com o da também paulista São José dos Campos.

São Bernóia


No sentido literal, nóia significa razão, entendimento. No uso comum, nóia está relacionado a desequilíbrio emocional ou mental, não necessariamente relacionado com drogas. Essa mistura de razão e desequilíbrio, talvez, traduza bem a realidade da nossa cidade atualmente.

Rota do Frango com Polenta

Lembrado por alguns internautas, infelizmente, esse título está caindo em desuso. Para muitas famílias, era rotina reunir-se, aos finais de semana, para aquele almoço nos tradicionais São Judas, Florestal, São Francisco, entre outros, que atraíam clientes de toda a Grande São Paulo e Baixa Santista.

Terra dos Batateiros

Essa é do tempo das colônias, quando os moradores, por se dedicarem à lavoura, eram taxados de “batateiros”. Conheça a história completa aqui.

Conhece outras formas de se referir a São Bernardo do Campo? Comente abaixo!


Comente!