Memória

E.E. Dr. Baeta Neves celebra 70 anos de fundação

De acordo com os documentos guardados com zelo e cuidado pela diretoria da escola, sabe-se que a E.E. Dr. Baeta Neves completou 70 anos de fundação no último dia 26 de novembro. Nesta sexta-feira (01/12), um almoço deve reunir alunos e professores, do presente e do passado, para comemorar o aniversário do primeiro grupo escolar da Vila Baeta.

Conta o jornalista Ademir Medici, em sua coluna no jornal Diário do Grande ABC, que na década de 1950, a diretora Antonia Ortega de Abreu, a dona Antoninha, enviou uma carta ao então prefeito Lauro Gomes pedindo mais verba para a merenda. A mensagem da educadora oferece uma ideia da realidade da época. “Este estabelecimento situa-se num dos mais populosos bairros deste município, caracterizando-se, ainda, pela extrema pobreza de seus moradores, na maioria operários humildes cujo salário não está correspondendo, absolutamente, ao custo de vida atual, sempre em elevação.”, diz o texto.

Antoninha também era a diretora quando, em 1963, surgiu a ideia de implementar a Banda Mirim Baeta Neves, sob a tutela do maestro Irineu Negri Garcia. Muitos dos integrantes da “Bandinha”, apelido carinhoso dado do grupo, tornaram-se músicos profissionais na vida adulta.

Tradição nos desfiles de aniversário da cidade, a cultura das fanfarras têm na E.E. Dr. Baeta Neves uma legítima representante e é motivo de orgulho para os estudantes que se preparam com afinco, ao longo do ano, para fazer bonito diante da população e das autoridades no dia 20 de agosto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com décadas de história, sempre se moldando à atualidade, a escola agora se prepara para novas mudanças. A partir de 2018, passará a atuar no novo modelo de educação em tempo integral. O formato oferece, além da carga horária estendida, um currículo escolar flexibilizado.


Compartilhe!
  • 300
    Shares