Notícias

Em São Bernardo, PSDB e PPS trocam Alckmin por Bolsonaro; PT tenta salvar Marinho

Na tarde desta quarta-feira (3), uma carreata em prol de Julinho Fuzari, candidato a deputado estadual, circulou pelas ruas centrais de São Bernardo pedindo votos para Jair Bolsonaro a presidente.

Fuzari é filiado ao PPS, partido comandado por Roberto Freire que, oficialmente, faz parte da base de apoio a Geraldo Alckmin.

Os pedidos de votos em São Bernardo seguem na contramão da opinião de Freire a respeito do capitão do Exército.

Em entrevista ao site O Antagonista, publicada em novembro do ano passado, o líder popular-socialista se dirigiu a Bolsonaro como “alguém de suprema medriocridade”.

Tucanos mudam direção do voo
Devido ao fraco desempenho de Alckmin nas pesquisas, até mesmo tucanos estão mudando de lado sem aguardar o fim do primeiro turno.

Ao SãoBernardo.INFO, integrantes do PSDB disseram que ainda não sabem qual será a posição do partido após o dia 7, mas admitiram que militantes de São Bernardo e de outras cidades vizinhas já acenam para Bolsonaro. “É o voto anti-PT”, declarou uma militante tucana que pediu para não ser identificada temendo represálias.

Um eventual apoio de seu partido ao candidato do PSL não seria bem digerido por Orlando Morando. Recentemente, em entrevista ao Jornal da Gazeta, o prefeito de São Bernardo chamou Bolsonaro de “falastrão” e “mentiroso”.

Carla Morando, que é candidata a deputada estadual, também teceu duras críticas nas redes sociais. “Ter um candidato que ofende mulheres disputando o maior cargo político do Brasil é um absurdo!”, publicou no Facebook em agosto.

Marinho não sai do quarto
Nova pesquisa Ibope divulgada hoje, dia 3, mantém o ex-prefeito Luiz Marinho (PT) em quarto lugar na disputa com 8% das intenções de voto. Doria lidera com 24%, seguido por Skaf com 21% e França com 14%.

Assessores de políticos petistas disseram ao SãoBernardo.INFO que a orientação é para intensificar a busca por votos na cidade e na região até o último minuto do primeiro turno, na tentativa de salvar a candidatura de Marinho e levá-lo ao segundo turno.

Leia também:

Coligações partidárias colocam adversários políticos no mesmo palanque

Com esposa e vice candidatos, Morando testa popularidade de olho na reeleição


Compartilhe!
  • 737
    Shares