Variedades

Empresas de aluguel de patinetes elétricos se preparam para operar em São Bernardo

Enquanto as diversas empresas de aluguel de patinetes elétricas correm para se adequar às regras na capital paulista, duas marcas já anunciaram expansão dos serviços para outras regiões.

Segundo a coluna Painel S.A., da Folha de S. Paulo, a Scoo — que tem foco no mercado corporativo — planeja ampliar a frota de 300 para 2.500 patinetes até o final do ano no estado de São Paulo, priorizando as maiores cidades.

Ainda de acordo com o jornal, a FlipOn prevê começar a operar até outubro em São Bernardo do Campo, São Carlos, Bertioga e Praia Grande, e até o final do ano em Mauá, Itu, Indaiatuba e Sorocaba.

Procurada pela reportagem, a Grow não respondeu o contato até o fechamento desta matéria. Dona das marcas Yellow e da Grin, a empresa já indicou que pretende chegar, em breve, a todos os municípios com mais de 500 mil habitantes no país.

Pelas regras atuais do Conselho Nacional de Trânsito, os patinetes não podem ultrapassar a velocidade de 20km/h nas ciclovias ou ciclofaixas e de 6km/h nas calçadas, mas cabe aos órgãos de trânsito de cada município regulamentar o uso do equipamento.

Na região do Grande ABC, por enquanto, apenas São Caetano do Sul já aprovou uma regulamentação com regras para os interessados em operar o serviço naquela cidade.


Compartilhe!