Notícias

Ford demite 364 funcionários por telegrama e interrompe produção em São Bernardo

A Ford demitiu nesta quinta-feira (10), por telegrama, um total de 364 trabalhadores da fábrica de São Bernardo do Campo. Todos já estavam afastados por meio de layoff (suspensão do contrato de trabalho).

Atualmente, restam 3,6 mil funcionários na unidade localizada no bairro Taboão.

Em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira, o sindicato dos Metalúrgicos do ABC orientou os funcionários da empresa a não assinarem a rescisão do contrato de trabalho e anunciou um processo de mobilização contra as demissões, interrompendo as atividades na estamparia, um dos setores estratégicos na produção de veículos.

A Ford já havia declarado que manterá a fábrica parada entre os dias 14 e 15 de agosto. Uma nova assembleia dos metalúrgicos foi convocada para a próxima quarta-feira (16).

De acordo com nota encaminhada pela montadora, a decisão de dispensar os trabalhadores é uma adequação dos “níveis de mão-de-obra às demandas de mercado”.


Compartilhe!