Variedades

Biblioteca Monteiro Lobato comemora 60 anos com virada cultural

No próximo dia 13 de abril, a primeira biblioteca pública de São Bernardo do Campo vai comemorar 60 de anos de existência.

Inaugurada, oficialmente, no ano de 1958, a Biblioteca Monteiro Lobato surgiu após pressão popular, iniciada por campanhas promovidas ainda na década de 1940.

Ao longo do mês de abril, a coluna Memória do SãoBernardo.INFO deve publicar fotos e histórias do local que serviu a várias gerações de estudantes são-bernardenses.

Para celebrar o aniversário da biblioteca, está programada a 2ª edição da Virada Cultura que terá início às 16h do dia 14 de abril (sábado), encerrando 24 horas depois, no domingo.

Veja abaixo a programação completa.

Sábado, 15h
Apresentação da Banda Carlos Gomes (externo)

Sábado, 15h30
Lembranças da Vila com o grupo Regina Paces

Sábado, 16h15
Mesa com convidados que marcaram a história das bibliotecas em São Bernardo
Divanir Bellinghausen (filha da D. Odete Bellinghausen, fundadora da Biblioteca Monteiro Lobato)
Mirian Leça (bibliotecária e uma das responsáveis pela constituição da Rede de Bibliotecas Públicas. Recebeu o título de Embaixadora das Bibliotecas)

Sábado, 17h
Coquetel comemorativo

Sábado, 18h30
Conversa sobre literatura fantástica Raphael Draccon e Carolina Munhoz

Sábado, 19h
Apresentação musical Taiko

Sábado, 21h
Forró com Bernardete

Sábado, 22h30
Douglas MCT e literatura Dark Fantasy,

Sábado, a partir das 23h
Filmes (italianos, japoneses , africanos, árabes, indígenas)
Jogos de RPG e Tabuleiro com mestre Bruno Ibarra (Horário a Confirmar)
Oficina de Microconto
Exposição de HQ e Desenhos

Domingo, 6h00 – Café multicultural – comidas de todos os povos

Domingo, 7h30 – Lian Gong – Prof Adilson

Domingo, 8h30 – Apresentações de artes dos povos (artesanato e outras manifestações culturais)

Domingo, 10h30 – Brincadeiras e Histórias infantis dos povos

Domingo, 12h – Corais (Municipal, Italiano – Bicchieri D’ Oro, etc…)

Domingo, 14h – Danças típicas (Roda de Capoeira e dança Puxada de Rede – do mestre Pulga, Dança do Dragão Chinês e Dança do Canto Sagrado da terra com índios Fulni-ô – da Vila São Pedro, Tarantela, Dança típica Japonesa)

Domingo, 15h – Encerramento com Sarau multicultural leitura de textos literários na língua original e músicas típicas


Compartilhe!
  • 156
    Shares