Variedades

Anhanguera é condenada a pagar R$ 1 milhão por propaganda enganosa

A Justiça Federal de São Paulo condenou a Anhanguera Educacional a pagar R$ 1 milhão em indenização por danos morais coletivos causados por propaganda enganosa.

De acordo com reportagem publicada pelo UOL, a decisão foi tomada a partir de uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) em 2009.

A Anhanguera foi acusada de induzir consumidores ao erro por veicular informações que associavam o nome da instituição a serviços de educação superior que eram, na realidade, mantidos por outras entidades de ensino.

Segundo o MPF, a oferta de cursos cuja autorização de funcionamento foi concedida a outras entidades consiste em “nítida violação às normas federais que regem a educação superior no país, além de atentar contra os direitos do consumidor-aluno”.

Com a decisão do tribunal, a Anhanguera fica proibida de apresentar como se fossem seus cursos ofertados por outras instituições.

Procurada, a Kroton Educacional, dona da Anhanguera, declarou que não vai comentar o processo judicial.

Com informações do UOL e Agência Estado

Veja também:

Após assumir Walmart, Grupo Big abre vagas para loja de São Bernardo

Baeta Neves promove segunda edição da Festa Italiana

Ranking coloca São Bernardo entre as mais inteligentes e conectadas do Brasil


Compartilhe!