Cotidiano

Morando nomeia irmã para presidência do Fundo Social de Solidariedade

O Fundo Social de Solidariedade (FSS) de São Bernardo atua na realização de projetos de melhoria da qualidade de vida da população carente da cidade.

O cargo de presidente do FSS não é remunerado, mas coloca quem o assume em destaque, por representar a administração municipal nas relações com as entidades beneficentes, muitas delas conveniadas com a prefeitura e dependentes do dinheiro público.

Sem sombra de dúvida, essa exposição ajudou Carla Morando, esposa do atual prefeito Orlando Morando (PSDB), a se eleger deputada estadual em 2018.

Na maioria das vezes, a presidência do Fundo Social ficou a cargo da primeira-dama, mas o cargo é de livre indicação do prefeito. Tanto é que a última ocupá-la foi a pedagoga Greice Picolo Morselli.

Agora, Greice passou o bastão para Marcia Morando, irmã do prefeito, indicação que não caiu bem para muitos moradores da cidade que teceram críticas pela escolha familiar.

Vale destacar que Marcia é uma das administradoras do Supermercado Morando, o que não torna ilegítima sua tarefa diante da área social do município. Poucos topariam um trabalho assim sem remuneração.

O próprio prefeito, durante o anúncio, não se esquivou de revelar o orgulho de ter a irmã como parte da equipe. Resta saber se a decisão também trará benefícios para a cidade.


Compartilhe!