Notícias

Justiça obriga Metodista a recontratar professores demitidos em dezembro

A Justiça do Trabalho determinou nesta segunda-feira, 12, a reintegração, no prazo de 15 dias, dos professores demitidos em massa pela Universidade Metodista de São Paulo (relembre o caso aqui).

A decisão foi dada pela juíza Valéria Pedroso de Moraes, da 8ª Vara do Trabalho de São Bernardo, que em janeiro já havia proibido a instituição de dispensar os docentes.

Segundo o sindicato da categoria, no total foram dispensados 83 empregados, sendo 54 docentes universitários e 15 professores do colégio.

A Justiça determinou o pagamento dos salários vencidos, além das férias, do 13º salário e do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O descumprimento pode levar à multa diária de R$ 1 mil por trabalhador prejudicado.

Com informações da Isto É


Compartilhe!
  • 276
    Shares