Notícias

STF autoriza, mas Lula desiste de encontrar familiares em São Bernardo

Atualizado às 14:03

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, autorizou hoje (30) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a deixar a prisão, em Curitiba, para se despedir do irmão em São Bernardo Campo.

Genival Inácio da Silva, o Vavá, morreu na manhã desta terça-feira (29), aos 79 anos, vítima de câncer. O corpo foi enterrado no Cemitério da Paulicéia por volta das 13h, cerca de 20 minutos depois da autorização expedida pelo STF.

Toffoli permitiu que Lula se encontrasse com familiares em uma unidade militar da região. Ainda segundo a decisão judicial, entrevistas e declarações públicas estariam proibidas. A presença da imprensa também foi vetada.

Mesmo com a liberação, o ex-presidente teria optado por não deixar a prisão. De acordo fontes ligadas ao PT, a direção do partido divulgará uma nota explicando as razões de Lula se negar a fazer a visita depois do irmão já ter sido enterrado.

Mais informações em breve.


Compartilhe!
  • 1.4K
    Shares