Notícias

Prefeito de São Bernardo decreta estado de calamidade pública

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), assinou no final da tarde o decreto de estado de calamidade pública.

A resolução permite algumas ações, incluindo medidas de emergência, segundo a administração municipal, para minimizar os problemas causados pelos alagamentos.

Entre as medidas anunciadas estão:
-Vale alimentação para os moradores afetados;
-Entrega de colchões;
-Vale transporte gratuito;
-30 dias de uso gratuito de água (para limpeza das casas e do entorno);
-Acomodações para munícipes em hotéis da cidade;
-Isenção de IPTU nas áreas atingidas;
-Campanha de vacinação contra problemas epidêmicos;
-Policiamento extra nos locais atingidos;
-Uso do decreto federal 5113 que permite às famílias impactadas com a enchente a levantar o Fundo de Garantia (FGTS);
-Famílias que tiveram as casas soterradas terão direto à bolsa aluguel;
-Famílias que não dispõem de nenhuma renda serão indenizadas mediante levantamento com uma “bolsa cobertura” para assistência;
-Escolas municipais estarão abertas a receber alimentos e produtos de limpeza (com exceção das escolas afetadas);
-Compra sem licitação de bombas para o piscinão da Vila Vivaldi em substituição aos equipamentos danificados;

Mais informações em breve.


Compartilhe!
  • 18.3K
    Shares