Variedades

Ford demite últimos 600 e encerra produção nesta quarta em São Bernardo

A produção na fábrica da Ford em São Bernardo do Campo será encerrada nesta quarta-feira (30), com a demissão dos cerca de 600 funcionários que ainda trabalham na linha de montagem.

A informação é do Sindicado dos Metalúrgicos do ABC, que realiza amanhã assembleia com os trabalhadores a partir das 8h, em frente à Portaria 5 da montadora.

O término das atividades na fábrica, operada pela Ford desde 1967, acontece em meio a uma indefinição nas negociações entre a marca oval azul e a Caoa para eventual aquisição das instalações no Taboão – e absorção de parte dos demitidos.

No dia 3 de setembro, durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, o governo do Estado de São Paulo confirmou o interesse da Caoa na compra, na presença de executivos de ambas empresas. Na ocasião, o governador João Doria anunciou que haveria um desfecho das tratativas dentro de 45 dias – o prazo expirou no último dia 18.

No dia 17, em reportagem do jornal “O Estado de S.Paulo”, Henrique Meirelles, secretário da Fazenda e do Planejamento do Estado paulista, afirmou que Carlos Alberto de Oliveira Andrade, o dono da Caoa, ainda buscava financiamento para efetivar o negócio.

Ainda há aproximadamente mil funcionários ligados à área administrativa, dos quais uma parcela menor é composta de terceirizados. Desse setor, os contratados da Ford devem manter os empregos.

Com informações do UOL

Veja também:

Vídeo: Coringa de São Bernardo repete cena da escadaria e viraliza na web

Menina morre após ser mordida no pescoço por cachorro em São Bernardo

São Bernardo se recupera e lidera geração de empregos em setembro


Compartilhe!