Notícias

Coronavírus: São Bernardo vai rastrear e isolar contatos de pacientes

São Bernardo vai participar de projeto piloto do Estado que prevê o rastreamento e isolamento das pessoas que tiveram contato com pacientes infectados pelo novo coronavírus.

De acordo com a administração municipal, o acompanhamento se dará por meio de plataforma tecnológica e unificada desenvolvida pelo Governo de SP.

Em um primeiro momento, apenas São Bernardo, Araraquara e Bauru fazem parte programa que deve ser expandido para outras cidades paulistas até o fim de agosto.

“Aos rastrear e identificar esses possíveis casos suspeitos, estaremos atuando diretamente no combate da Covid-19, evitando a exposição dessas pessoas”, explica o prefeito Orlando Morando.

COMO VAI FUNCIONAR
Profissionais da Vigilância Epidemiológica de São Bernardo já monitoram por telefone todos os pacientes com Covid-19 que estão em suas residências.

Com a nova plataforma, a equipe vai passar a rastrear os contatos desses pacientes e procurar por possíveis casos suspeitos entre amigos, familiares e vizinhos.

“Trata-se de uma iniciativa adotada por países da Europa e que foi fundamental para diminuir as curvas de casos”, complementa Morando.

CASOS NA CIDADE
De acordo com boletim médico divulgado hoje (09) pela Prefeitura de São Bernardo, a cidade possui 12.046 casos confirmados e 457 óbitos motivado novo coronavírus.

Dos 517 leitos hospitalares disponíveis para pacientes com a doença, 286 estão ocupados no momento.

A administração municipal não atualizou o número de pessoas consideradas recuperadas da Covid-19.


Compartilhe!