Notícias

São Bernardo adia decisão sobre volta às aulas presenciais em 2020

Durante transmissão ao vivo realizada hoje (16), por meio das redes sociais, o prefeito Orlando Morando (PSDB) adiou novamente a decisão sobre a volta às aulas presenciais em São Bernardo.

Acompanhado do secretário de Saúde, Geraldo Reple, Morando ressaltou que os primeiros dados inquérito sorológico, realizado com alunos e profissionais de educação, mostrou que poucas pessoas desses grupos foram infectadas pelo novo coronavírus.

Apesar do resultado otimista, Morando alegou que vai aguardar o final da pesquisa para uma decisão final. Vale lembrar que um decreto em vigor impede o retorno das atividades de escolas públicas e privadas sediadas no município.

O prefeito, que está em busca da reeleição, afirmou que a decisão não envolve questões políticas, mas sim uma “preocupação com a segurança de todos”.

Morando também lembrou que, em pesquisa recente, realizada pela Prefeitura, mais de 80% dos pais declararam que não pretendem enviar seus filhos para as escolas antes da liberação de uma vacina.


INQUÉRITO SOROLÓGICO

A primeira etapa do inquérito epidemiológico, citado pelo prefeito Orlando Morando durante a transmissão, demonstrou uma baixa prevalência do coronavírus, entre alunos e professores. Entre os dias 29 e 30 de setembro e 1º de outubro, 2.576 pessoas foram testadas.

Os resultados comprovaram que está sendo eficaz o distanciamento social, neste momento de quarentena, com prevalência de 0,54% do vírus entre os alunos e 0,67%, entre os profissionais do setor, de acordo com o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho

Uma segunda etapa da pesquisa, nos mesmos moldes da primeira, está prevista para os dias 26 e 27 de outubro, com testes aplicados, de forma aleatória, com sorteio entre escolas municipais, dos nove territórios da cidade.


Compartilhe!