Notícias

Scania e Mercedes-Benz também vão parar produção em São Bernardo

A Scania informou que, após negociação com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, vai paralisar a produção a partir de sexta-feira, 26, por causa do agravamento da pandemia.

A medida deve atingir a maioria dos 4.000 funcionários da montadora localizada em São Bernardo do Campo. A Volkswagen já havia anunciado a suspensão por 12 dias da produção em suas quatro fábricas no Brasil em razão da crise sanitária.

Em nota distribuída hoje (23) à imprensa, a Mercedes-Benz também decidiu pela paralisação das atividades. A empresa informou que vai interromper as atividades produtivas das fábricas de veículos comerciais de São Bernardo do Campo e Juiz de Fora no dia 26, com retorno previsto para 5 de abril.

A montadora alemã também vai conceder férias coletivas para grupos alternados de funcionários produtivos, além de manter os colaboradores administrativos trabalhando em regime de home office.


Compartilhe!